Autenticar
Main menu

A AEG utiliza cookies para o melhor funcionamento do portal.

O uso deste site implica a aceitaçom do uso das ditas cookies. Podes obter mais informaçom aqui

Aceitar
Como cada ano, Mês das Letras enche os Centros Sociais de atividades pola língua

Como cada ano, Mês das Letras enche os Centros Sociais de atividades pola língua

Nom é umha novidade, mas neste ano voltamos a registar um bom número de atividades organizadas polos Centros Sociais e outras entidades normalizadoras ao longo do mês de maio, em torno da comemoraçom do Dia das Letras.

A seguir, incluímos algumhas programaçons significativas, que fam do reintegracionismo um ingrediente fundamental em diferentes pontos do País. É só umha pequena mostra do muito que acontece nestes dias ao longo da Galiza.


Lugo: Centro Social Mádia Leva

Dia 17 de maio. Manifestaçom Nacional em defesa do idioma. 12h00 Alameda de Compostela.

Dia 19 de maio. Palestra com Dani de Paramo Pictures (autores da Bertolina, Veciños...) Fenómeno em galego na rede . No centro social às 20h30.

Dia 28 de maio. Homenagem colectiva a Manuel Maria. Organizamos junto a mais de 20 colectivos na FeAs (Federaçom de Associaçons). Na area recreativa de Castro de Rei durante todo o dia. Chuches Amil, Marionetas Trecola e jogos tradicionais com Xostramu. Mini e Mero , Fran Amil e a Tribo Imcomprensíbel e muito mais.

Dia 2 de junho. Palestra-debate: língua e educaçom com Preescolar na Casa e Semente Lugo. No centro social às 20h30.

Dia 9 de junho. Palestra com Anxo Garcia de Títeres Viravolta e do projeto de recuperaçom de Barriga Verde falará-nos sobre títere galego com demonstraçons. Às 20h30
e sobre às 21h30 Foliada das Letras para rematar as jornadas no centro social.

Exposiçom de cartazes em defesa do idioma de distintos colectivos.
Durante todo o mês.


Compostela: CS do Pichel

Desde a quinta 12 até a terça 17 em Compostela, vários colectivos (AGAL, CSA Casa do Peixe, CSO Escárnio e Maldizer, Central Folque e Semente) colaboram na organizaçom da celebraçom da festa da língua que desde hai 11 anos organiza em compostela a AC a Gentalha do Pichel.

Mais um ano a associaçom cultural compostelana consegue levar a rua, coordinadamente com outros colectivos sociais e culturais da cidade um programa cheio de actividades e concertos repartidos por vários espaços de Compostela. No 100 aniversário das Irmandades da fala, aproveitamos para reivindicar a labor daquelas mulheres e homens.

Este é o programa:

Na quinta feira, 12 de maio às 20h30 no CS O Pichel (Santa clara nº 21) a AGAL apresenta o livro de Carlos

Quiroga A imagem de Portugal na Galiza

Na sexta feira, 13 de maio às 20:30 no CS O Pichel apresentará-se o 1º método escrito de acordeom diató

nico na Galiza com Pedro Branco e às 22:00 terá lugar umha nova ediçom do Baile Assalto especial

acordeom diatónico

No sábado 14 estas seram as atividades:

Às 11h00 alborada e cabeçud@s> polas ruas de Compostela

Às 11:30 sairá da Alameda de Compostela a bicicletada pola língua

Às 12h30 roteiro infantil de reconhecimento de aves. Saida da porta do Museo do Povo Galego

Às 13h30 na praça 8 de março sessom vermú com Blues do País

Às 14:30 jantar e sobremesas a preços populares na praça 8 de março

Às 18h00 foliada popular na praça do pam. Participaram os cursos de dança do CS O Pichel, de Itaca e CSA Casa do Peixe e Semente

Às 21h00 Poesía e música com AldaoLado (María Lado e Lucía Aldao) Praça 8 de março

Às 22h00 concertos : Habelas Hainas, John Deeres e a pinchada de DJ Bigote Mix. Praça 8 de março

Na segunda 16 de maio as actividades continuam no CSO Ercárnio e Maldizer (Algália de Riba, n.º 11)des

de às 20:00 com umha palestra, um recital poético e concertos

Mais um ano a festa organiza-se de forma autogerida. A Gentalha do Pichel é umha associaçom cultural que desde hai mais de onze anos vem dinamizando a vida social e cultural da cidade compostelana oferecendo e reivindicando um lacer alternativo e em galego. Entre os diferentes propósitos deste colectivo está o de ensinar, difundir e desfrutar da cultura tradicional galega assi como o de fomentar o conhecimento de novas produçons culturais da Galiza em particular e da Lusofonia em geral; valorizar o património histórico,cultural e linguístico ou conhecer o meio natural e denunciar às agressons que sofre.


Compostela: CSO Escárnio e Maldizer

Dia 16 de maio

Recital poético com Lara Dopazo Ruibal, Jesus Castro Yáñez, Xiana Árias Rego, Rosalia Fernández Rial e micro aberto a outras pessoas que quigerem intervir.

ÀS 22 horas: Concerto com Sessión Vermú.


Ferrol: Fundaçom Artábria

Dia 16 de maio

Concerto com Manolo Bacalhau às 22 horas.


Guarda: CS Fuscalho

Dia 16 às 18 horas

Elaboraçom de um maio, obradoiro de gaita e foliada.

Última modificação emSegunda, 16 Mai 2016 15:42
Avalie este item
(0 votos)

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo

Facebook Twitter RSS Global