Associaçom de Estudos Galegos -
Imprimir esta página
O apelido 'Belho' existe em galego? Ou seria 'Velho' ou 'Velo'?

O apelido 'Belho' existe em galego? Ou seria 'Velho' ou 'Velo'?

O apelido Belho existe em galego? Ou seria Velho ou Velo?

 

Vítor Santalha. @santalha

RESPOSTA DA COMISSOM LINGÜÍSTICA DA AEG

Na Idade Média, o adjetivo ‘velho’ era utilizado para diferenciar o pai do filho do mesmo nome. Posteriormente, tornou-se apelido: Velho. Com a imposiçom do castelhano e a chegada à Galiza de escrivaos e funcionários de Castela, desconhecedores do idioma galego, este apelido foi transcrito, em numerosos casos, como Bello, confundindo-o com a palavra castelhana bellobelo’. A confusom de b e v deu-se tamém noutros casos em que os citados transcritores ignoravam o dioma da Galiza e escreviam estes apelidos com umha ortografia arbitrária ou sugerida por algumha palavra castelhana parecida. Deste modo, hoje em dia encontramos Vieites em lugar do correto Bieites (patronímico derivado de Bieito), Basalo em lugar de Vassalo, Cobas por Covas, Corbacho por Corvacho (derivado de ‘corvo’), Naveira por Nabeira, Naveiro por Nabeiro, Vaamonde/Vahamonde por Bamonde, Veiras por Beiras, Viqueira por Biqueira etc.

Tamém existe o apelido Belo, transcrito erroneamente, em muitos casos, como Velo. Este apelido pode ter origem toponímica (procedente da aldeia do mesmo nome no concelho de Ponte d'Eume) ou prosonímica, designativo de caraterísticas da pessoa.

Última modificação emSegunda, 05 Fevereiro 2018 12:33
Avalie este item
(2 votos)
© Meet Gavern - Free Joomla! 3.0 Template 2019